Informações

A capacidade inata do homem em reconhecer emoções faciais desempenha um papel muito importante na interação interpessoal humana e na adaptação do homem na sociedade. Nos transtornos psiquiátricos, o paradigma de reconhecimento de faces vem recebendo maior atenção. Técnicas computacionais envolvendo processamento de imagens, reconhecimento de padrões e realidade virtual têm se mostrado aliadas na construção de ferramentas com o propósito de auxiliar no diagnóstico e na terapia de transtornos psiquiátricos. Verifica-se, entretanto, que boa parte dessas ferramentas são limitadas em relação à flexibilidade para gerar uma diversidade adequada de objetos.

O presente trabalho apresenta a proposta e os resultados iniciais de um projeto que tem como objetivo desenvolver um algoritmo de estimação de parâmetros de um grafo And-Or para caracterização de emoções faciais a partir de uma amostra de treinamento. Este projeto faz parte de um projeto maior que visa desenvolver um jogo sério de reconhecimento de emoções faciais. A metodologia que segue é a definição da estrutura do grafo And-Or para a caracterização de emoções faciais, processamento de imagens de treinamento e estimação dos parâmetros do grafo And-Or.

Grafo
Imagem

Conteúdo relacionado

Membros